Apesar de o freelancing lhe poder oferecer a liberdade que deseja, podendo fazer o horário que mais lhe dá jeito, pode também ser um desafio para conseguir retirar algum tempo de valor para si próprio. Vamos oferecer-lhe algumas dicas para planear as suas férias, caso tenha optado por um estilo de vida de freelancer.

De acordo com os resultados do estudo da HoneyBook lançados em julho de 2019, 92% dos freelancers Norte-Americanos trabalham enquanto estão de férias e 60% destes afirmam que o fazem porque “têm que fazê-lo”. Tirar tempo de valor para si mesmo, sem responsabilidades profissionais, é um requerimento para se manter saudável e são. Como tal, estas estatísticas devem ser uma preocupação para alguém que trabalhe por conta própria. Como é provável que os freelancers de toda a parte do mundo não estejam a conseguir ter tempo suficiente para eles próprios, como é que podem, independentemente de onde estiverem, organizar tempo de descanso sem terem que se focar no trabalho?

 

Planear as finanças para compensar possíveis perdas

Se não está a trabalhar, não está a receber. A vida de quem trabalha por si mesmo é assim. Portanto, antes de partir para as férias, precisa de planear como é que vai garantir o rendimento mesmo estando fora do trabalho. Consegue fazê-lo através de:

  • Avisar os clientes com antecedência

Deixe os clientes saberem com antecedência que planeia estar fora. Seja claro relativamente a datas, se estará ou não contactável durante esse período de tempo e como pode ser contactado em caso de emergência. Pergunte-lhes, também, se eles preferem que entregue o trabalho mais cedo.

  • Estabeleça uma troca com alguém de confiança

Dependendo da sua área de trabalho, uma das formas de garantir que nada o incomoda durante as suas férias é arranjar alguém em quem confie para que não haja uma interropção na sua empresa durante o tempo em que estiver fora. Esta pessoa pode atender chamadas, responder a emails e até resolver alguma urgência de última hora que possa aparecer. Poderia fazer o mesmo por quem o fizer por si, garantindo que ninguém fica com os clientes do outro.

 

Tenha em mente que quando voltar o budget da empresa estará mais curto

Para além dos gastos extra causados pelas férias, também tem que pensar que, ao regressar, as finanças estarão mais apertadas dado que as receitas diminuíram. No mês seguinte à sua chegada é quando mais se sentirá esta quebra. De forma a combater o impacto pode:

  • Encontrar alternativas para que as férias sejam mais em conta

Tornar as férias menos dispendiosas pode reduzir o choque financeiro quando regressar. Tente pesquisar em sites de housesitting ou troca de casas. Assine e aproveite as suas férias enquanto cuida de casas de outras pessoas e/ou animais ou até troque a sua própria casa pela casa de outra pessoa. Todos ficam a ganhar e os custos reduzem drasticamente.

  • Aproveite-se das viagens de negócios

Outra opção é aproveitar uma viagem de negócios, de networking ou para uma reunião, e estendê-la para que as suas férias sejam aproveitadas no fim. Os custos das viagens farão parte dos custos normais da empresa – ou pagos diretamente por clientes se tiver sorte suficiente para isso – e apenas terá que pagar do seu bolso os dias extra.

 

Apesar de todo o esforço que se possa ter a planear as férias, o trabalho poderá sempre infiltrar-se. A vida de freelancer é isso mesmo. Terá que atender uma possível chamada de emergência ou responder a um email de um cliente, ou até mesmo finalizar um trabalho inacabado, mas garanta que esse trabalho não ocupa as férias na totalidade. Use pouco tempo para lidar com estes pequenos aspetos e volte ao objetivo inicial: relaxar.

30 ago

Um guia rápido para um freelancer planear umas verdadeiras férias

Outras Notícias

10 Bual1

LACS organiza Fair Saturday

Saiba mais
Gray Metal Cubes Decorative 1005644

O que é o Design Thinking e porque é que é tão importante?

Saiba mais
Abstract Art Blur Bright 373543 (1)

Quatro tecnologias com potencial para mudar o mundo dos negócios em 2020

Saiba mais
Preview

O LACS Anjos é a escolha da Web Summit

Saiba mais