O mundo do trabalho está a mudar. A flexibilidade e o equilíbrio entre vida profissional e pessoal estão a ganhar importância para os funcionários e os empregadores estão mais focados na contratação das melhores habilidades, independentemente da localização. Ferramentas aprimoradas de tecnologia e comunicação tornaram viável o trabalho de muitas funções em qualquer lugar do mundo. Como se encontra um emprego remoto e, após a contratação, o que é preciso fazer para ter sucesso?

Uma pesquisa da OwlLabs, empresa que fabrica produtos para facilitar a comunicação entre equipas remotas, mostrou que 16% das empresas pesquisadas, em 23 países, eram totalmente remotas e 40% tinham um modelo híbrido, oferecendo modelos remotos e em escritório. De todos os funcionários pesquisados, 52% trabalham remotamente pelo menos uma vez por semana.

As empresas que oferecem modelos de trabalho remotos também terão 25% menos rotatividade de funcionários, portanto os benefícios para funcionários e empregadores são claros: maior satisfação no trabalho e maior retenção de funcionários.

Como as funções remotas, por sua natureza, não são limitadas pela geografia, o mundo do trabalho remoto pode ser altamente competitivo. Além das habilidades óbvias necessárias para as funções específicas para as quais se está a candidatar, aqui estão algumas coisas que pode fazer para melhorar as suas chances de conseguir uma função remota e garantir que você a mantenha.

 

Decidir se o trabalho remoto é adequado

Este é o passo mais importante. Se não pode passar uma tarde sozinho ou acha difícil tomar decisões, trabalhar remotamente não é para si. Embora a maioria das empresas se concentre em manter a equipa remota conectada, a realidade é que o trabalho remoto requer muito tempo sozinho. Um estudo da Harvard Business Review mostrou que mais trabalhadores remotos se sentiam deixados de lado ou evitados pela sua equipa do que os funcionários de escritório. Seja honesto consigo mesmo e analise se você tem o que é realmente preciso para trabalhar sozinho a maior parte do tempo.

 

Ser criativo com os pedidos de emprego

Se você decidiu que o trabalho remoto é ideal para você, precisa ser criativo. Há ainda mais concorrência por funções remotas do que por funções internas, por isso é essencial destacar-se da multidão.

 

Prover a capacidade de trabalhar de forma independente

Mesmo que nunca tenha trabalhado remotamente antes, destaque os momentos da sua carreira em que trabalhou de forma independente e qual foi a taxa de sucesso. Após a contratação, poderá trabalhar de forma autônoma, mas peça ajuda quando precisar.

 

Concentre-se em suas habilidades de comunicação

No processo de contratação e após a contratação, verifique se comunica de forma clara e concisa por escrito (e-mails, mensagens, etc.), assim como pessoalmente (videchamada e reuniões presenciais). Trabalhar à distância significa que a comunicação não verbal desempenha menos papel e aumenta as chances de falta de comunicação. Claro e conciso é o caminho a percorrer e lembre-se de que a pessoa com quem está a comunicar pode não ter a mesma língua nativa.

 

Considere um espaço de trabalho flexível

O trabalho remoto não precisa ser solitário. A maior desvantagem de trabalhar em casa é o isolamento em potencial. Isso pode ser superado ao usar uma mesa num espaço de trabalho flexível como o LACS. Trabalhar com outras pessoas ao redor, que também podem ser trabalhadores remotos, oferece-lhe um senso de comunidade e pertença que talvez não tenha. Existem tantas pessoas na sua vida com as quais você pode tomar café a qualquer momento, aumente esse número ao entrar para um espaço de trabalho flexível.

23 abr

Trabalho remoto: como obter e como manter

Outras Notícias

Template Parcerias Website (8)

A Made of Lisboa e o LACS levaram-nos ao Web Summit!!

Saiba mais
IMG 4290

À conversa com: JOBANDTALENT

Saiba mais
JP

À conversa com: JPEG - DESIGN E COMUNICAÇÃO

Saiba mais
CDO 5

No trabalho com: Maria Inês Cabral

Saiba mais