A Geração Millennial tornar-se-á mais de um terço da força de trabalho no mundo até 2020 e a ideia de que eles têm hábitos de trabalho diferentes dos de outras gerações foi amplamente espalhada. Mas estarão eles, de facto, a alterar a forma como trabalhamos?

Os Millennials são uma geração que, de acordo com o Pew Research Center, abrange pessoas nascidas entre 1981 e 1996. Atualmente, representam um quarto da população mundial e, desde o início dos anos 90, tornou-se a maior geração do mundo. A maioria das previsões acredita que esta geração representará 35% da força de trabalho global até 2020. Com isso em mente, é importante entender o que a geração do milênio leva em consideração ao procurar um emprego e, também, o que os mantém felizes no trabalho.

 

Os Millennials valorizam a aprendizagem e o desenvolvimento

De acordo com o Relatório de Trabalho da Geração Y para 2018, para esta geração a aprendizagem e o desenvolvimento são dos benefícios mais importantes, sendo que o mais importante de todos é a assistência médica, na consideração de um novo posto de trabalho. Oportunidades adicionais para aprender e desenvolver novas habilidades são altamente valorizadas, porque acreditam que é a melhor forma para avançar nas suas carreiras.

 

Os Millennials valorizam a flexibilidade

Quando se trata de retenção, ter um horário de trabalho flexível, ser inclusivo e diverso são os principais focos. De facto, cerca de um terço de todos os homens e um quarto de todas as mulheres, que pertenceram ao estudo realizado pelo Relatório de Trabalho dos Millennials de 2018, dizem que preferem trabalhar remotamente. Mas a flexibilidade também se refere à localização. Outro estudo indica a relação entre a lealdade dos funcionários e o nível de flexibilidade.

 

Os Millennials valorizam uma cultura positiva no local de trabalho

Apesar de alguns estudos afirmarem que o dinheiro é a principal prioridade para os Millennials ao procurar emprego, os colegas de trabalho e a cultura do mesmo ainda estão entre os quatro principais factores. “Ótimas pessoas” é a quarta principal prioridade valorizada pelos Millennials, ultrapassada pelo horário, pela segurança e pelo dinheiro. Um estudo diferente colocou grande importância numa “cultura positiva no local de trabalho”.

 

Millennials valorizam a segurança

Vários estudos relataram a importância da segurança para trabalhadores da Geração Y. No entanto, “a geração Millennial redefiniu a segurança no emprego como segurança na carreira”. Para eles, é o desenvolvimento de habilidades contínuas que garante um lugar na força de trabalho. Portanto, eles procuram "aprender ao longo da vida". Porém, isto não significa necessariamente que são candidatos ao emprego. De facto, o Millennials Work Report de 2018 constatou que 38% dos entrevistados esperam ter entre um e dois empregos na vida, enquanto 43% antecipam que terão de três a cinco empregos.

Os Millennials parecem colocar uma grande importância à aprendizagem, procurando trabalhos que lhes permitam crescer profissionalmente. Embora o ordenado ainda seja importante, a mudança de um local de trabalho para outro não parece ser influenciada apenas por esta questão. Um horário e local de trabalho flexíveis (a possibilidade de trabalhar em casa de vez em quando), o relacionamento com outros colegas de trabalho e a existência de oportunidades para.

22 fev

4 factores que a Geração Millennial valoriza no trabalho

Outras Notícias

Template Parcerias Website (8)

A Made of Lisboa e o LACS levaram-nos ao Web Summit!!

Saiba mais
IMG 4290

À conversa com: JOBANDTALENT

Saiba mais
JP

À conversa com: JPEG - DESIGN E COMUNICAÇÃO

Saiba mais
CDO 5

No trabalho com: Maria Inês Cabral

Saiba mais